Huawei e Amazon assinam acordo global de patentes

"Este licenciamento expande o número de empresas que podem usar o que,  de outra forma, seriam tecnologias exclusivas”
6 de Março, 2024
Alan Fran, Head do Intellectual Property Rights Department da Huawei

Alan Fran, Head do Intellectual Property Rights Department da Huawei anunciou que a  gigante chinesa “tem o prazer de trocar direitos de patente com a Amazon”, e  explica que este licenciamento “expande o número de empresas que podem usar o que,  de outra forma, seriam tecnologias exclusivas”. Algo que, consequentemente, “fornece  aos consumidores produtos e serviços mais inovadores”, acrescentou. 

Já na voz do Vice President de IP da Amazon, Scott Hayden, existe um enunciar de  “respeito pelo portefólio mundial de patentes, as inovações e os contributos da Huawei  para o processo de padronização”. Além disso, refere especificamente que “a Amazon  também respeita os esforços da Huawei para licenciar as suas patentes a empresas  como a Amazon, que utiliza frequentemente as normas técnicas da indústria quando  trabalha no desenvolvimento de novos produtos e serviços para os clientes”

Sabe-se ainda, segundo o PCT Yearly Review 2023, que a Huawei foi, pelo sexto ano  consecutivo, o principal requerente de patentes, contabilizando um total de 7689  pedidos publicados em 2022. Foi também a tecnológica que criou o maior número de  famílias de patentes orientadas para o estrangeiro através do Tratado de Cooperação em  Matéria de Patentes entre 2017 e 2019, com a criação de 9092 famílias desta categoria.